Alvaro Pereira: «Sou um jogador de perna forte»

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Alvaro Pereira: «Sou um jogador de perna forte»

Mensagem por Rated R Jony em Sab Jul 11, 2009 5:59 pm

LATERAL-ESQUERDO EM ENTREVISTA EXCLUSIVA

RECORD - Como recebeu a notícia da sua contratação pelo FC Porto?
ALVARO PEREIRA - Foi uma grande alegria mas estive sempre tranquilo. Confesso que fiquei um pouco surpreendido. A alegria foi imensa pois trata-se de um clube muito importante. Para mim, chegar ao FC Porto é algo de transcendente. É um clube com grandes jogadores. Pelo que me contaram o Jorge (Fucile) e o Cristian (Rodríguez), é um clube enorme, foi várias vezes campeão de Portugal e é um clube muito bem organizado.

R - FC Porto que ultrapassou o Benfica nesta corrida...
AP - Foi tudo muito rápido... ainda estou a desfrutar o que aconteceu. A possibilidade de poder continuar a progredir na minha carreira.

R - Como está fisicamente neste momento?
AP - Estou muito bem. Joguei todos os jogos na Roménia e também pude jogar na seleção do Uruguai. Nos últimos seis meses estive sempre a jogar.

R - A última época favoreceu a sua carreira?
AP - Deu-me muitas alegrias. Passei do futebol argentino para o europeu, é um salto importante mas que acarreta também algumas responsabilidades.

R - Como está na seleção do Uruguai?
AP - A oportunidade que tive num jogo amigável com a França foi incrível porque quando escutei o hino nacional fiquei arrepiado. Nunca mais esquecerei esse jogo, em Paris, no dia 19 de novembro do ano passado. Fiquei com vontade de chorar. Saí do meu país com 19 anos e embora estivesse na Argentina também senti isso. Estar na seleção significava cumprir um sonho.

R - Aproveitou a oportunidade?
AP - Não sei. Tentei fazer o meu melhor. Foi, como disse, o cumprir de um sonho.

R - Como recorda o seu início de carreira?
AP - No Miramar fiz poucos jogos. Saí muito cedo para o futebol argentino. Disputei apenas dois jogos pelo Miramar no Estádio Centenário, contra o Nacional e o Peñarol, e outro jogo amigável na seleção de Sub-20. Ainda lá joguei contra o Paraguai, nas eliminatórias, e recentemente contra o Brasil.

R - Quais são as suas grandes qualidades como futebolista?
AP - Antes de tudo o mais, sou um um jogador que quer jogar sempre da mesma maneira em todas as partidas. Quero divertir-me no campo mas com muita responsabilidade. Na Roménia criticavam-me positivamente e diziam que gostavam da minha maneira de jogar porque sentiam que deixava tudo no relvado. Eles são mais frios e não se entregam tanto ao jogo. Sou, para além do mais, um jogador de "pierna fuerte" mas jamais entro no lances com má intenção. Tenho consciência que o adversário de hoje pode ser o nosso companheiro no futuro.

R - Será a vez agora de se adaptar a Portugal e ao futebol português. Como foi na Roménia?
AP - No princípio custou um pouco porque vinha da Argentina. Na Roménia tudo era diferente mas ajudaram-me muito os jogadores argentinos e brasileiros que estavam no plantel. A língua, que tem origem no latim, parece muito difícil mas depressa se verifica que para quem fala castelhano não é assim tão impenetrável. Há palavras que se escrevem da mesma maneira nas duas línguas.

@ RECORD

Rated R Jony
Mister
Mister

Mensagens : 2064
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum